quarta-feira, 21 de abril de 2010

SUA PAZ DEPENDE DE VOCÊ


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Há alguns anos vi em uma reportagem na TV algo interessante sobre a cultura japonesa. Todos os anos, na virada do ano, as pessoas esvaziam suas gavetas em seus locais de trabalho, para que não fique nada, nada pendente para se fazer no novo ano. Todos se esforçam ao máximo para que as tarefas distribuídas pelos seus chefes, sejam cumpridas antes que o ano acabe e tudo comece do zero depois da virada. Muito lixo é jogado fora em sacos, coisas sem nenhuma necessidade são descartadas e, se não me falha a memória, o método é aplicado também em casa.
Pensei sobre isto e entendi o quanto é importante adotarmos certos métodos para organizarmos nossas vidas, de forma que tudo fique mais fácil depois. Trabalhos pendentes, projetos em andamento, negociação de dívidas, tarefas do dia-a-dia... se nos esforçarmos um pouco mais, muita coisa pode ser feita a contento e certamente tornaremos nossas vidas mais fácil e menos desgastante.

Passei a aplicar este método no meu relacionamento com as pessoas com quem convivo, tanto em casa quanto no meu trabalho, e também com meus amigos e na Igreja. Nunca mais passei de um ano para outro com alguma coisa que ficou mal explicada, alguma mágoa, algum acerto por fazer. Não deixo mais nada pra depois, nada mesmo. Vou lá, chamo em particular, coloco tudo na mesa, olho no olho, peço perdão, perdôo também e tudo fica limpo antes de virar o ano. As forças para isto eu encontro naquele que é a razão do meu viver: Jesus Cristo. É Ele quem me dá a motivação para tal atitude, é Ele quem me aponta a quem devo chamar para os acertos e é também quem me limpa o coração de tudo o que há de impuro.

O que posso garantir, amadas, é que desde que passei a “limpar as gavetas” assim antes da virada do ano (ou na virada do dia, por que não?), algo de extraordinário e maravilhoso aconteceu comigo. A proximidade de Deus agora é maior, a esperança é redobrada, a força que encontrei dentro de mim agora é sem medida e projetos engavetados há tempos já voltam à baila... Tudo agora se torna mais fácil, porque aprendi a não deixar nada para resolver depois. O momento é agora e Deus está do meu lado. O que posso temer?

Efésios 4:30-32
“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós. Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.”

Na Fé

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Não Julgue Pelas Aparências


Antônio, um pai de família, um certo dia, quando voltava do trabalho, dirigindo num trânsito bastante pesado, deparou-se com um senhor que dirigia apressadamente. Vinha cortando todo o mundo e, quando se aproximou do carro de Antônio, deu-lhe uma tremenda fechada, já que precisava atravessar para a outra pista. Naquela hora, a vontade de Antônio foi de xingá-lo e impedir sua passagem, mas logo pensou: - Coitado! Se ele está tão Nervoso e apressado assim... Vai ver que está com um problema sério e precisando chegar logo ao seu destino, pensando assim, foi diminuindo a marcha e deixou-o passar. Chegando em casa, Antônio recebeu a notícia de que seu filho de três anos havia sofrido um grave acidente e fora levado ao hospital pela sua esposa. Imediatamente seguiu para lá e, quando chegou, sua esposa veio ao seu encontro e o tranqüilizou dizendo: - Graças a Deus está tudo bem, pois o médico chegou a tempo para socorrer nosso filho. Ele já está fora de perigo. Antônio, aliviado, pediu que sua esposa o levasse até o médico para agradecer-lhe. Qual não foi sua surpresa quando percebeu que o médico era aquele senhor apressado para o qual ele havia dado passagem! (Autor Desconhecido). Precisamos aprender a ver as coisas além das aparências, nem tudo que parece é. Muitas vezes o que conseguimos enxergar são somente maldades dos nossos próprios olhos, enxergamos o que queremos enxergar e interpretamos aquilo que nos convém. Temos que pensar que sempre por trás de uma atitude, existe uma história, um motivo que leva a pessoa a agir de determinada forma. Que Deus nos der a tranqüilidade para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para mudar as que podemos e sabedoria para distinguir entre elas.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

O verdadeiro servo de Deus


Quando uma pessoa vem à igreja pela primeira vez, os primeiros passos é a busca pela libertação espiritual, a pessoa entra numa fase de libertação, em seguida se converte, ou seja, muda a direção da vida dela.

Na igreja ela vai receber toda ajuda espiritual dos pastores, obreiros, enfim das pessoas que prestam assistência espiritual e tem um desejo de ver aquela pessoa transformada. Porém quando já está liberta, livre do mal, perdoada e vivendo uma vida nova, é necessário que comece a fazer por outras pessoas o que foi feito por ela, aí está o grande problema, muitos só querem receber, não estão prontos para dar.

Vemos que o ministério do Senhor Jesus, estava alicerçado na manifestação de poder e ensino, Ele tinha paixão pelas almas, pelos sofridos, e este é o dever de todo cristão verdadeiro, ser um ganhador de almas, ser um servo.

Creio que isto tem faltado muito dentro da Igreja Cristã, pois muitos estão preocupados consigo mesmo, e não se lembram daqueles que estão lá fora sofrendo, sendo ceifados pelo mal, como um dia eles estiveram; tem existido mais egoísmo espiritual do que amor as almas, infelizmente.
Como saber se eu sou um verdadeiro servo de Deus? Quando você nutre no seu coração um desejo de ajudar outras pessoas, estou me referindo à alma da pessoa, que se encontra nas mãos do diabo. O servo de Deus, nutre dentro de si o mesmo sentimento do Senhor Jesus.

“E, chamando Jesus os seus discípulos, disse: Tenho compaixão desta gente, porque há três dias que permanece comigo e não tem o que comer; e não quero despedi-la em jejum, para que não desfaleça pelo caminho.” (Mt. 15.32)

Atualmente, temos visto um egoísmo espiritual muito grande, pessoas que estão na igreja há anos e ainda não nasceram do Espírito Santo, e por que não nasceram? Porque não há um desejo de ganhar almas, de ajudar o próximo.

Não é suficiente apenas aceitar o Senhor Jesus. Muitas vezes há algo dentro de você que ainda lhe prende, você precisa renunciar isso; Jesus disse: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me.” (Lc. 9.23); este é o maior sacrifício do seguidor do Senhor Jesus, “negar a si mesmo”, é fácil negar aos outros, mas e a nós mesmos? É muito difícil.
O apóstolo Paulo sentiu esta dor: “meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós...” (Gálatas 4.19)

Quando Jesus é formado dentro do cristão, ele passa a desejar que outras pessoas O recebam, a exemplo de Paulo.

Pense – O que você tem feito pelas almas? Pelas pessoas aflitas e desesperadas?

Deus os abençoe.

DEUS SEGURA A TUA MÃO !


Você lembra da história de Sadraque, Mesaque e Abednego? O rei tinha jogado esses homens no fogo, porque eles não queriam se ajoelhar diante dele, mas o fogo não os consumiu e, quando as pessoas olharam para as chamas, elas viram quatro homens, bem, a quarta pessoa era Jesus. Eles não se queimaram, porque Ele estava com eles. Na realidade, eles nem mesmo tinham cheiro de fumaça quando saíram de lá!
Bem, da mesma maneira, Jesus está com você. Em Isaías, Ele diz que está segurando a sua mão. Ele fica com você através do fogo dos tempos difíceis em sua vida, impedindo que as chamas destruam você mas deixando que o calor purifique a sua fé e vida. Deus, segurando as suas mãos, tranqüiliza você quando as coisas não estão indo muito bem. Seguro por Deus, Ele guia você pelo caminho certo.



Reflitem Jesus está voltando!
Deus abencoe a todos!

Na Fé

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Você é realmente de Deus?

Existem pessoas que se dizem ser de Deus até passarem por uma tempestade forte. 


Enquanto tudo está correndo bem a pessoa é de fé, de garra, forte; porém quando alguém pisa no seu calo a história muda: é ser humano, também sente, não é de ferro e assim sucessivamente. 

É muito fácil mostrarmos que somos de Deus quando tudo ocorre como o esperado. Qual tem sido sua reação quando alguém te decepciona? 

Tem perdoado ou tem guardado magoa? 

E quando alguém não faz o que você pede tem virado as costas para a pessoa ou tem devolvido com o bem? 

Só conhecemos uma pessoa de fato e de verdade quando as coisas não acontecem como ela espera. Com isso podemos notar seu comportamento e analisar seu caráter. 

Muitos tem aparentado ser pessoas maravilhosas, porém tem um interior podre, cheio de malicias e egoísmo. 

Só podemos mostrar que somos realmente de Deus quando mesmo sendo injustiçados continuamos com a capacidade de perdoar os que nos ferem. 

Você é de Deus? 

Espere alguém pisar no seu calo e veremos.
 

Bjinhos a todos os leitores....amo voces:)
 
Na Fé

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Sem Fé É Impossível Agradar A Deus

Em alguns momentos da vida nos sentimos cansados de tanto buscar uma resposta que nunca chega. Então o tempo vai passando, e continuamos esperando em Deus a resposta. Agüentamos um ano, dois anos, três anos, quatro anos; e quando chega 5 anos achamos que já passou tempo demais para essa resposta chegar (isso quando agüenta esse tempo todo). Então começam as indagações: o que está acontecendo? Onde errei? Por que Deus não me responde? E ficamos desanimados, muitas vezes tristes; porque estamos precisando tanto dessa benção e ela não chega. Se erramos será que Deus não perdoou quando nos arrependemos? Então o que pode está atrapalhando dessa vitória chegar, se Deus perdoa todos os nossos pecados? E responde todos aqueles que clamam? Muitas pessoas pensam que a resposta de Deus demora porque não merece, porque uns são abençoados e outros não; ou então que não é o tempo certo para Deus responder. A verdade é que “sem fé é impossível agradar a Deus”. Muitas vezes a pessoa até espera em Deus; mas devido o tempo que já passou nem acredita mais que possa receber essa benção que tanto deseja, essa é a mais pura verdade. Infelizmente o tempo tirou a fé. A palavra de Deus diz que se pedirmos alguma coisa crendo já recebemos. Então não há dúvida que o que está faltando é a pessoa crer para receber a benção. Não é aquela crença dizendo que confia nas promessas de Deus e continua angustiado, murmura, sente medo da resposta não chegar; pois dentro dessa crença está a dúvida, e fé é a certeza das coisas que não se vê. É preciso renovar a fé; é preciso crê de todo coração; sem uma mínima de dúvida. Quando cremos temos uma certeza tão grande dentro do coração, mais tão grande, que as promessas de Deus passam a está mais vivas; acende um fogo dentro de nós, que ninguém consegue apagar. E isso é o que nos faz forte, crê que Deus já respondeu. Deus só precisa que creiamos para nos responder. Quando cremos de coração existe uma certeza absoluta que Deus já atendeu nosso pedido. E quando existe dúvida, principalmente quando a pessoa já clamou muito e já faz tempo que faz esse mesmo pedido, então existe a dúvida do tempo. Se torna difícil pra Deus operar não porque faz tempo, porque um dia pra Deus é como mil anos, e mil anos como um dia, então isso não faz diferença. O problema é o tempo que a pessoa deixou de crê que Deus iria respondê-la. Repito: sem fé é impossível agradar a Deus; pode fazer 5 anos que estamos fazendo o mesmo pedido, mas quando temos a certeza que Deus já tomou a direção não nos abalamos mais com isso. É preciso renovar a fé, para que Deus possa responder. Se já orou, jejuou, lutou, clamou; pare um momento e simplesmente “CREIA”, e Deus responderá.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

O segredo é ouvir a voz de Deus !

 

 


Muitos tem se questionado: por que não venço? O que está faltando para realizar meu grande sonho? Se você quer saber a resposta de Deus então atente para a palavra do Senhor:Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra” (Isaías 1:19). É necessário ouvi o que Deus tem a dizer, é necessário seguir a vontade de Deus e não a nossa para sermos feliz de verdade. 
Se queremos vencer todas as barreiras e conquistar todos os nossos sonhos, temos que está dispostos a ouvir a direção de Deus. Não podemos querer fazer as coisas do nosso jeito. 
Muitos tem tudo para conquistar; porém Deus dar uma direção e a pessoa segue outra; assim fica difícil seguir o procedimento correto em direção a vitória. Por isso demora tanto a conseguir o que tanto deseja, pois trilha caminhos errados.
O que o Senhor Jesus deseja é dar o melhor para seus servos. Mais para isso se torna necessário que esses servos tenham os ouvidos sensíveis a voz do Senhor. 
Se seus planos tem sido frustrados pare por um instante e veja se tem seguido a direção de Deus, porque se não estiver, todos os seus esforços serão em vão. Se não sabe ainda a direção então pergunte a Deus e Ele mostrará. 
Não continue caminhando para o fracasso, mude a direção, siga a direção de Deus e seja feliz em todos os sentidos.

Sejem abençoados em nome do Senhor Jesus !

terça-feira, 6 de abril de 2010

Cuidado com Tua Vida Espiritual

Existem muitos servos que se acham muito espirituais, e são realmente, pois oram, fazem jejum, vigiam, seguem os mandamentos de Deus; são cumpridores da palavra do Senhor. E o que tem de mal nisso? Nada, o que não podemos é ficar fazendo pouco daqueles que um dia caíram ou estão fracos, porque Deus não se agrada. E se não vigiarmos podemos ser o próximo só por fazer pouco dos outros.

 O que temos que compreender é que estamos na fé não por sermos heróis ou melhores do que outros, estamos pela bondade de Deus.

“Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu pela tua fé estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme; porque, se Deus não poupou os ramos naturais, não te poupará a ti. Considera, pois a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; para contigo, a bondade de Deus, se permaneceres nessa bondade; do contrário também tu serás cortado. E ainda eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os enxertar novamente” (Romanos 11:20-23).
Deus não gosta quando um servo se engrandece e diz coisas tipo: o irmão do lado é muito fraco já caiu na fé; o pastor não é de Deus pois não ta mais no altar; que obreiros frios nem fazem mais propósitos; que cristão fraco caiu em tentação, e etc.
Quem somos para criticar os outros? As vezes a pessoa tem tudo para vencer e ser de fé, mais a própria língua paga. Não somos ninguém para falar de nosso irmão, o orgulho é o princípio da queda.
Se nosso amigo de fé saiu da presença de Deus ou se esfriou então temos que orar por ele e por nós também para que não venhamos cair, porque todos nós estamos sujeitos.
Temos que ser humildes e reconhecer que não somos nada sem Deus.


Na Fé
Thais Silva

Ser de Deus

Eu quero muito de ser de Deus, eu quero muito ser mais espiritual, eu quero muito crescer na minha vida espiritual. Esse é o desejo de toda pessoa de Deus, se consagrar a cada dia para ser mais usado por Deus. Mais será que não estamos esquecendo de algum detalhe? Será que não estamos sendo orgulhosos com Deus? Quando falamos eu quero muito, talvez estejamos impondo nossa vontade, e isso é o que tem atrapalhado no sucesso espiritual. Quando fazemos o que queremos, quando agradamos a nós mesmos no pensamento de estarmos fazendo a coisa certa, acabamos simplesmente querendo a nossa vontade. Talvez à vontade de Deus não esteje em um cristão ser uma pessoa pública, em fazer parte de uma coluna de jornal, em ser famoso; talvez o que Deus quer a pessoa não esteja fazendo; em ser uma pessoa de Deus na sua própria igreja, na sua casa, no seu trabalho, no grupo de amigos...... Para Deus o suficiente é que essa pessoa de Deus ganhe almas naquela cidade, no meio onde vive e cuide das pessoas que estão indo para igreja, que necessitem de apóio no trabalho, que necessitem de palavras de conforto na faculdade ou que ajude os jovens que estão nas drogas. Para uma pessoa ser de Deus não precisa sair nas colunas de jornais e muito menos ser famoso, porque já temos a pessoa mais famosa que é o Senhor Jesus, então não precisamos de fama. O fato de conhecer o Senhor Jesus já nos faz a pessoa mais importante do mundo. Não importa o trabalho que tenhamos feito para Deus: se é limpando a igreja, se é ganhando almas na igreja, no trabalho, em casa; se é dando um bom testemunho onde anda. Em tudo que tenhamos feito tem que ser o nosso melhor. Fazendo o melhor estaremos sendo uma pessoa de Deus, pois Deus necessita de servos que o Sirva da maneira que Ele Preferir. Não podemos ficar tristes se uma pessoa é usada de um jeito e somos usados de outro jeito, Deus escolhe a maneira de usar a cada um de nós e não agente que escolhe. Temos que parar com essa mania de querer ser o que queremos e procurar ser o que Deus quer para nós, pois os servos foram feito para obedecer o seu Senhor. Deus quer usar cada uma pessoa individualmente, pois tem um propósito para cada um na terra, só temos que aprender a ser usado por Deus. Para cada pessoa Deus tem um plano, e cumprindo-se esse plano a pessoa naturalmente estará crescendo na vida espiritual. Quando ficamos tristes com nossa vida espiritual é porque não estamos servindo a Deus como Ele Quer, infelizmente estamos procurando seguir o nosso querer; achando que o plano de Deus para agente está pequeno, e temos que procurar coisas grandes. E isso não é verdade, quando fazemos a vontade do Pai, mesmo que pareça coisa pequena, mas para Deus estamos obedecendo, e isso O Agrada. E Deus procura filhos obedecentes prontos para Servi-lo. Se o Senhor Jesus tivesse pensado no sofrimento que passaria na cruz para morrer por nós teria desistido, pois foi grande o sofrimento, mas Ele pensou em somente obedecer ao Pai celestial e fazer cumprir as escrituras sagradas; e graças a essa obediência hoje temos acesso a salvação. Somos de Deus quando fazemos a vontade do Pai, e descartamos nossa própria vontade. 

 Na Fé

Thais Silva

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Obreira Thais de Paula - SP



Nome: Thais de Paula da Silva
 
Idade: 20 anos
 
Estado e País que Nasceu: São Paulo

Quanto tempo de Obra? 3 anos
 
IURD que faz parte: Serrana -SP


Hobbie: Passear no Shopping!
 
Musica Favorita: Nossa, são muitas! Mas as favoritas são: Kim ( Dom de Amar.) Toque no Altar (Lembra Senhor.) Fernanda Brum ( Amar você.)
 
Livro Favorito: Bíblia, Melhor do que comprar sapatos, O Perfil do Jovem de Deus


Roupa Favorita: calça Jean, vestido, Blusa com detalhes eu amo rsrsrs.
 
Qual é o seu prato preferido? Pizza e lasanha, salpicão.
 
Maquiagem: Bem discreta, Sombra , batão e Lápis de olhos...


Acessórios: Brincos, não saio de casa sem eles, anel, pulseira, e colar ...
 
Seus Defeitos: Deixar eu esperar as coisas q pode ser na hora e resolver ...
 
Suas Qualidades: Compreensiva, paciente, prestativa, Educada e simpática.


Qual foi o maior mico na obra de Deus? Quando eu fui falar com o Pr uma pergunta q tinha q perguntar a ele eu e a obr. rs e comecei a tremer e gagueja RS.. mais depois com calma falei rs...


Qual foi a melhor coisa que aconteceu na obra de Deus? Foi quando eu ganhei almas q foram batizadas a Deus e teve o Espírito Santo...


Admiração: Admiro ao Meu Deus todo Poderoso e criador desse mundo ....


Lembranças: Meu encontro com Deus na reunião de Jovens e o batismo com o espírito aquele dia foi o dia mais feliz da minha vida sai cheia do espírito Santo...


Frase: “Nunca diga Deus que vc tem um grande Problema , diga ao Problema q vc tem um grande Deus".

Maior Problema: Nós Mesmos


As vezes ficamos colocando a culpa nas pessoas que estão ao nosso lado, o mal que não deixa agente ir pra frente; mais sendo que o maior problema está em mesmos. Quando temos Deus nada nem ninguém pode nos detém, somente agente pode impedir a nossa  benção. Se estamos esperando uma coisa há muito tempo e não chega é porque nós não estamos acreditando em Deus, ou não estamos fazendo nossa parte. O fato de ser um crente certinho não garante a vitória, temos que reconhecer nossas fraquezas para que Deus Possa agir. Se as coisas não acontecem é porque existe algum problema, e esse problema  não é com Deus. E se as promessas do pai não falham, e ninguém pode segurar uma pessoa que ora e vive em comunhão com Deus, então onde está o problema? Na própria pessoa. É muito difícil admitir isso, e poucas pessoas conseguiram perceber. A questão é que, muitas vezes a pessoa que segue a Deus se esforça para cumprir com os mandamentos, e isso não é errado; o perigo é quando essa pessoa não reconhece suas fraquezas e pensa que Deus vai fazer tudo por ela, e fica esperando as coisas caírem do céu, só porque ela faz propósitos, procura não pecar, vai a igreja quase todos os dias, e andar retamente. A verdade é que Deus repara nas coisas mínimas. Se analisarmos, os erros grandes até as pessoas do mundo evitam. Existem pessoas no mundo que não roubam, não matam, não comete adultério, não mentem, não julgam o próximo; isso porque são pessoas que tem caráter. Se somente evitamos as falhas grandes que diferença estamos fazendo? São coisas mínimas que estão dentro de nós que nos atrapalham. Coisas que muitas vezes nem nós mesmos conseguimos enxergar. Por isso clamamos e não encontramos respostas para esses problemas, porque estão sendo causados por coisas que passam desapercebidos por todos. E por procurarmos o erro em coisas grandes acabamos não entendendo o motivo do fracasso em algumas áreas. São defeitos que ninguém repara que tem atrasado a vida de muitos cristãos. Devemos fazer uma análise nas coisas que ninguém percebe, e procurar consertar. Seje errinhos despercebidos, ou melhoras que temos que fazer no nosso interior para que o que está fora de si venha brilhar. Não podemos aceitar que nossa natureza venha atrapalhar nas nossas conquistas. Nosso “eu” se fragmenta em identidades, somos complexos; então muitas vezes não nos entendemos e acabamos fazendo coisas que prejudicam a nós mesmos. Se algo está repetitivamente dando errado então temos que mudar esse nosso jeitinho....E se achamos que andamos tão certinhos, então peçamos ajuda a Deus para nos mostrar em que precisamos mudar, porque quando pensamos que fazemos tudo certo fica muito difícil reconhecer um erro, ainda mais quando se trata de erros tão pequenos, que ninguém nota, mais que está impedindo nossa benção. Vamos vencer o maior problema que é nós mesmos, e todos os outros problemas se tornarão fácies de resolver.
 
Na Fé