quinta-feira, 26 de agosto de 2010

2ª Prioridade na vida





2-Sirva aos outros
Ao ler Marcos 12:30-31, vemos que o Senhor Jesus respondeu a um escriba que Lhe perguntou qual era o primeiro de todos os mandamentos, o seguinte: “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.” E ainda acrescentou:  “E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. “
Uma coisa aprendi é que “quanto mais tempo passamos com nosso Deus, mais  nos enchemos de Seu amor, que transborda sobre aqueles que estão à nossa volta.”
Vemos, então, que quanto à ordem das prioridades, Deus está em primeiro lugar e logo em seguida vem amar ou servir aos outros como: meu marido, meus filhos, meus pais, meus irmãos, meus colegas de trabalho, meus ajudantes…
Vemos na vida da mulher virtuosa (Pv 31) que ela sabia usar as suas prioridades de acordo com a Bíblia: primeiro Deus e, depois, os outros.
Como ela tinha muitos afazeres, então, ela se levantava bem cedinho, ainda escuro, para ter seus momentos com o Senhor e, diante d’Ele, ela derramava todo o seu coração. Depois, ela se voltava para a sua família e para as pessoas mais próximas a ela, com as mãos e o coração cheio de amor. Por ela pensar e ajudar tanto os outros é que ela é elogiada por Deus, por seu marido, por seus filhos e pela comunidade.
Então, conhecendo as prioridades de Deus em minha vida – Deus em primeiro lugar e, depois, os outros – posso organizar meu dia a dia procurando fazer tudo, primeiramente, “n’Ele”, “por Ele”, “por meio d’Ele” e “para Ele”. Em seguida procuro ajudar os outros descobrindo as suas necessidades(meu marido, minhas filhas, seus maridos, meu filho, minha esposa, meus netos, meus pais, meus irmãos, etc.).
Para eu ter tempo suficiente para Deus e para os outros tenho que eliminar atividades não essenciais tais como: “preguiça, excesso de horas dormindo, cochilando e em ociosidade.”
Podemos acrescentar como atividades não essenciais: horas demais no telefone, tempo demais na internet, muito tempo assistindo a programas de televisão, etc.

1ª Prioridade na vida





Ponha Deus em primeiro lugar
Quando eu coloco Deus em primeiro lugar em minha vida, isso significa que a primeira coisa que eu devo fazer pela manhã, ao me levantar, é ter meus momentos de comunhão com o Senhor, num local especial aconchegante. Devo ler a Bíblia, e então devo procurar aplicar tudo aquilo que estou lendo à minha vida.
Depois derramo o meu coração e a minha alma diante d’Ele, através da oração. Vivo, então, aqueles momentos inigualáveis com o senhor e sempre devo agradecer por Ele ter morrido por mim para me dar vida eterna junto a Ele. Coloco também Deus em primeiro lugar em minha vida, procurando obedecer o que sua palavra me diz.
Salmo 19:7 diz: “A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel,
e dá sabedoria aos símplices.”
Dá sabedoria aos símplices – é exatamente isto que devo almejar
em minha vida:
A – Sabedoria para colocá-Lo em primeiro lugar em minha vida;
B – Sabedoria para saber da importância de ler, diariamente, a sua
palavra;
C – Sabedoria para orar, diariamente, sabendo que, como diz a
Bíblia, “nada tendes porque nada pedis.”
D – Sabedoria para obedecê-lo, porque só assim sou feliz;
E – Sabedoria para ser uma ajudadora fiel do meu marido;
F – Sabedoria para criar meus filhos nos caminhos do Senhor;
G – Sabedoria para transformar minha casa em meu lar.
“A mulher de Provérbios 31 foi elogiada e exaltada por Deus e por outros. Por quê? Porque ela temia ao Senhor (PV 31:30)”
“Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao
Senhor, essa sim será louvada.”

Primeiro passo, a AGENDA

Qualquer pessoa que pretenda ser organizada e ter seu tempo e sua vida sob controle precisa indiscutivelmente de uma agenda.
Quando nos referimos à agenda, não estamos falando apenas de um lugar para anotar seus compromissos e registrar os telefones de seus contatos. A agenda é muito mais que isto.
Ela pode ajudar você em muitas coisas:
1. Lembrar-se de tarefas futuras.
2. Anotar compromissos.
3. Escrever listas de coisas a fazer.
4. Planejar sua semana.
5. Planejar seu dia.
6. Anotar prazos importantes.
7. Controlar tarefas com prazos determinados.
8. Registrar idéias e acompanhar projetos.
9. Lembrar-se de eventos recorrentes como datas especiais e aniversários, compromissos semanais ou mensais, etc.
10. Registrar e guardar números de telefone e endereços.
11. Armazenar informações pessoais como números de documentos, contas bancárias, códigos, senhas, etc.
13. Organizar atividades com base em suas metas e objetivos.
Enfim, tudo aquilo que possa ser importante para que você tenha seu tempo e sua vida sob controle.
Claro que existem outros fatores que podem influenciar na sua organização, mas a agenda é a ferramenta mais importante que você tem à sua disposição.
Lembre-se que a informação e o conhecimento só têm valor quando podem ser resgatados de forma rápida e segura, na hora que você precisa. Quer um exemplo simples? De que adianta você conhecer várias pessoas influentes, que poderiam ajudá-lo numa situação de emergência, se não tiver seus telefones ou não souber como encontrá-las no momento que precisar?
Confiar apenas na memória é o maior erro que podemos cometer no que diz respeito a se organizar.
Na verdade, as pessoas deveriam se esquecer de lembrar das coisas. Isto pode soar um pouco estranho, mas o ritmo de trabalho e a quantidade de informações que temos que processar nos dias de hoje, fazem com que seja impraticável utilizarmos a técnica da memória para administrarmos nossa vida.
Quando perguntavam a Albert Einstein porque ele não lembrava o número do próprio telefone ele dizia “Para que, se posso encontrá-lo na lista telefônica a hora que precisar!”.

Na Fé