terça-feira, 6 de abril de 2010

Cuidado com Tua Vida Espiritual

Existem muitos servos que se acham muito espirituais, e são realmente, pois oram, fazem jejum, vigiam, seguem os mandamentos de Deus; são cumpridores da palavra do Senhor. E o que tem de mal nisso? Nada, o que não podemos é ficar fazendo pouco daqueles que um dia caíram ou estão fracos, porque Deus não se agrada. E se não vigiarmos podemos ser o próximo só por fazer pouco dos outros.

 O que temos que compreender é que estamos na fé não por sermos heróis ou melhores do que outros, estamos pela bondade de Deus.

“Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu pela tua fé estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme; porque, se Deus não poupou os ramos naturais, não te poupará a ti. Considera, pois a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; para contigo, a bondade de Deus, se permaneceres nessa bondade; do contrário também tu serás cortado. E ainda eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os enxertar novamente” (Romanos 11:20-23).
Deus não gosta quando um servo se engrandece e diz coisas tipo: o irmão do lado é muito fraco já caiu na fé; o pastor não é de Deus pois não ta mais no altar; que obreiros frios nem fazem mais propósitos; que cristão fraco caiu em tentação, e etc.
Quem somos para criticar os outros? As vezes a pessoa tem tudo para vencer e ser de fé, mais a própria língua paga. Não somos ninguém para falar de nosso irmão, o orgulho é o princípio da queda.
Se nosso amigo de fé saiu da presença de Deus ou se esfriou então temos que orar por ele e por nós também para que não venhamos cair, porque todos nós estamos sujeitos.
Temos que ser humildes e reconhecer que não somos nada sem Deus.


Na Fé
Thais Silva

2 comentários: