sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Jesus o verdadeiro amigo!

“O homem que tem muitos amigos, deve mostrar-se amigável; mas há um AMIGO que é mais chegado do que um irmão.” (Pv 18:24)

Amigos, ah os amigos. Como é bom ter amigos! Há momentos em nossas vidas, em que tudo o que mais desejamos é um amigo com quem contar. Nos momentos de alegria, os queremos por perto. Nos momentos de tristeza, precisamos deles por perto. É realmente muito bom ter amigos.

Ultimamente eu tenho meditado muito sobre amizade e, quanto mais me aprofundo no assunto, mais percebo o quanto nós somos ligados afetivamente àqueles a quem temos por nossos amigos. Num coração humano, dividido entre tantas coisas como: família, estudos, trabalho, igreja, ministério e etc, os amigos sempre têm seu lugar reservado. Os amigos são parte de nós. Contudo, embora seja maravilhoso estar cercado de pessoas que amamos e que igualmente nos amam, não é nestas pessoas que devem estar os nossos olhos e a nossa confiança (Sl 141:8).

A Palavra de Deus diz que o sol e a chuva vêm sobre justos e injustos (Mt 5:45). Servos de Deus como nós estão sujeitos a dores, tribulações, momentos difíceis. Eu tenho provado isso em minha própria vida. No ano em que mais tenho me dedicado ao Senhor, ao meu chamado e a conhecê-Lo mais intimamente, tenho passado talvez por algumas das maiores lutas de toda a minha vida! O que isso significa? Deus é injusto? Não, de maneira alguma! O NOSSO DEUS É PERFEITO! Muitas pessoas questionam o sofrimento por crerem que quanto mais “santos”, “perfeitos” e “íntimos” de Deus forem, menos estarão sujeitos a dor.

“Oh, mas se Deus me ama, porque estou sofrendo?” É o que muitos exclamam sem perceber que não há lugar melhor, escola melhor para o crescimento espiritual, para conquistar intimidade com Deus e para viver os milagres de Deus, do que os desertos da vida. Isso é até assunto para um outro momento, onde compartilharemos com mais calma sobre o valor do deserto. Por hora, quero que você guarde em seu coração esta palavra: O melhor amigo que você pode ter, somente poderá conhecê-lo no deserto! Aleluia! Davi e Moisés conheceram bem esta verdade. Os livros de Êxodo e 1º e 2º Samuel contam de uma forma linda a história desses homens e de como o deserto, figurado ou literalmente representado, os aproximavam de Deus.

No livro de Provérbios encontramos dois versículos que se completam de uma forma belíssima, e muitas vezes passam despercebidos. Vejamos:

“Em todo tempo ama o amigo; e na angústia nasce o irmão” (Pv 17:17)

“O homem que tem muitos amigos, deve mostrar-se amigável; mas há um AMIGO que é mais chegado do que um irmão.” (Pv 18:24)

Olha que coisa tremenda, amado! Em todos os momentos, temos o amor do amigo. Mas na hora da angústia um verdadeiro irmão se manifesta! A palavra diz que Jesus, na cruz, se fez o primogênito entre muitos irmãos (Rm 8:29), ou seja, como filhos de Deus, temos Jesus como nosso irmão mais velho. Ele é o irmão que se manifesta nas horas mais difíceis! Oh, glória!

Mas tem mais, ainda não para por aí. Sabemos que Jesus não é um amigo comum, Ele na verdade é como um irmão. Mas sabe de uma coisa? Ele não é um irmão qualquer. Como lemos, Ele é um amigo mais chegado do que um irmão. Pense em todos seus conceitos e referências de um irmão maravilhoso, um exemplo de irmão. Pensou? Pois é, Jesus vai além de todos eles em sua capacidade de amar! JESUS É UM AMIGO MAIS CHEGADO QUE UM IRMÃO. Mais chegado, mais íntimo, mais, mais...enfim. Ele é MAIS...

Aprendi isso nos últimos doze meses, talvez mais do que em todos os meus singelos 27 anos. Parecia estar no meio de um grande furacão. Tudo, aparentemente, estava de pernas para o ar. O que eu não percebi à primeira vista é que, na verdade, o meu Melhor Amigo estava colocando as coisas em seus devidos lugares. Ele estava cuidando de mim. Será que você pode compreender este mistério? Quando tudo parece estar desmoronando em sua vida, caro leitor, Jesus está na verdade colocando cada parte dela em seu devido lugar. É Nosso Melhor Amigo entrando em nossa casa e contemplando a sujeira que nos cerca. Ao invés de sentar-se na sala e fazer de conta que não a viu, Ele pega vassoura, sabão e resolve dar aquela faxina que há tanto tempo estávamos precisando. Ali, algumas coisas Ele sabe que não servirão mais para nós, e as joga fora... bem longe. Outras, preciosas, mas em pedaços, Ele restaura para que tenham de volta um lugar especial em nossas vidas. Um amigo verdadeiro é assim. Não um colega e sim um amigo. Um amigo íntimo. É isso que Jesus é para nós: UM AMIGO ÍNTIMO.

Por que íntimo? Porque para Ele é totalmente irrelevante nosso exterior (I Sm 16:7). O superficial simplesmente não existe, não importa para Ele. Ele sonda e conhece o mais profundo do nosso ser, do nosso eu (Sl 139). Ninguém sabe melhor quem verdadeiramente somos como Ele. Nossos defeitos, qualidades para Ele são apenas adereços. Ele conhece o nosso SER. Consegue entender a profundidade disso, meu querido? Jesus conhece o seu SER. Ele sabe quem você realmente é. Por isso Ele não é um colega e nem mesmo um amigo comum.

Um colega, ao nos encontrar na rua e ver uma expressão triste em nosso rosto, não faz muito caso dela. Apenas diz: “Oi, tudo bem?”, e vai embora, segue sua vida. Um amigo pára e pergunta: “Você está bem, fulano? Fale comigo, sei que você esta triste e quero ajudar”. Mas, como temos a mania de dizer: “Não é nada não, ciclano”, muitas vezes ele desiste e também segue sua vida. Ah, mas O Amigo Íntimo Jesus, não precisa dizer nada, perguntar nada ou ouvir nada de nós. Basta nos olhar e Ele já sabe o quanto precisamos de um abraço forte, de um carinho, um colo. Um bom colo!

Jesus é assim, um amigo íntimo. E está na hora de vivermos esta realidade, amados. Essa nova consciência de quem Ele é para nós deve arder em nosso coração todo santo dia e nos empurrar intensamente para Ele. Temos um amigo íntimo com quem em todo tempo nós podemos contar.

Como compartilhei acima, tive muitos momentos difíceis nos últimos meses. Problemas de saúde, conseqüentemente gastos com médicos e farmácia que geraram problemas financeiros, problemas na família... enfim, um deserto. Por isso, diversas vezes, me vi tentado a recorrer a amigos humanos e o fiz. Para minha tristeza, grandes foram as minhas decepções. Não com os amigos em si. Todos eles são maravilhosos! Mas porque me deparei com duas grandes realidades: a primeira é que todos têm seus próprios problemas e a segunda é que mesmo que tivessem todo o tempo do mundo para mim, suas palavras não iriam satisfazer a verdadeiro desejo do meu coração: O amor de Deus.

Podemos recorrer às pessoas. Não há nada de errado nisso. Contudo, eu estou aprendendo na prática que antes de qualquer pessoa, devo correr para Jesus. Ele é o melhor e mais fiel amigo que tenho!

Ele sempre tem respostas, solução para tudo. E mais do que isso: Ele tem prazer em ser meu amigo, em estar comigo. Os amigos humanos podem ser sim instrumentos que o MELHOR DE TODOS OS AMIGOS usa para me abençoar. Mas meus olhos, minha confiança e o meu coração precisam estar fixos no Senhor.

E, assim, eu jamais irei me decepcionar. Ele me ama, se importa comigo e minha família mais que um colega, me ajuda mais que um amigo comum, me conhece e me ama mais que um irmão.

Jesus é um amigo perfeito! ELE É UM AMIGO ÍNTIMO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário